Notícias

03/11/17 12:12

Governo de Rondônia entrega carteiras a artesãos de Vilhena e realiza novos cadastros nesta sexta-feira

Cerca de 80 artesãos do município de Vilhena entraram para o grupo de cadastrados do estado de Rondônia no seguimento artesanal. Com a entrega das carteiras nessa sexta-feira (3), às 19h, na Câmara municipal, os trabalhadores poderão participar das Feiras Regionais de Artesanato em Rondônia. Além de dar oportunidade para comercializar e expor seus produtos, os artesãos podem usar a carteira como fonte de renda.

Artesãos de Vilhena poderão se cadastrar nesta sexta-feira

A carteira para artesãos é emitida gratuitamente pelo Governo de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), em parceria com o Governo Federal, em meio ao Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Com a carteira em mãos, profissionais da área do artesanato podem participar das feiras estaduais e nacionais por meio dos editais. As inscrições para feira de artesanato em Porto Velho estão abertas.

O superintendente da Sejucel, Rodnei Paes, lembrou que desde quando começou o cadastro em Rondônia, mais de mil profissionais foram cadastrados e a mobilização itinerante dentro do estado colocou Rondônia como o que mais cadastra artesãos.

De acordo com titular da pasta, as feiras têm proporcionado expansão da característica regionais em meio ao setor de artesanato. “O governo pretende realizar cerca de dez feiras de artesanato em Rondônia, em regiões diferentes, para que artesão tenha oportunidade de expor seu produto”, fala Rodnei.

Cadastro

Rondônia ocupa o primeiro lugar no número de cadastro em todo o Brasil. Para o governo estadual, a ida aos municípios só aumenta esse número. No dia 3 (sexta-feira), a coordenadoria de artesanato estará no Sebrae em Vilhena, rua Rony Castro, bairro Jardim América (próximo a prefeitura), para realizar cadastro de profissionais que queiram emitir a carteira.

De acordo com os dados da coordenadoria de artesanato da Sejucel, só esse ano, com as feiras de artesanato já realizadas, o segmento movimentou cerca de R$ 500 mil, dentro de Rondônia.

Ainda não é possível saber quantos trabalhadores tem a prática artesanal, mas com a realização do cadastro é possível ter conhecimento dos produtos que os artesãos produzem no estado e medir o número de profissionais. Para realização do cadastro é preciso:

  • Cópia CPF
  • Cópia RG
  • Cópia do Comprovante de Residência (não precisa esta no nome do artesão)
  • 2 fotos 3×4
  • Trabalho pronto para avaliação
  • Realizar a produção do trabalho na frente da coordenação do dia do cadastro.

Categorias: Cultura , Edital , Feiras de Artesanato , Governo , Inclusão social , Rondônia , Sociedade


Fonte

Texto: Maximus Vargas

Fotos: Arquivo Sejucel